A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    Em 1932, foi assegurado o direito ao voto para as mulheres, depois de uma imensa campanha social em busca desse direito. Ao longo da história a luta de classe e os movimentos sociais foram importantes para a conquista de direitos antes jamais alcançados. Nesse sentido, o movimento feminista se faz importante na sociedade atual, visto que as mulheres ainda sofrem com distinção salarial de gênero e a persistente violência feminina.
          Hoje no Brasil, três a cada dez mulheres recebem menos do que os homens exercendo a mesma função, de acordo com uma pesquisa do IBGE (instituto brasileiro de geografia e estatística). Tal dado é assustador para a sociedade brasileira, já que mais de 50% de nossa população é do sexo feminino, de acordo com o IBGE, e é a partir disso que os movimentos em prol da causa feminina são de suma importância, para que nessa sociedade de maioria feminina sua voz e seus direitos não sejam oprimidos pela a herança machista de nosso país visão que se perpetua desde o Brasil colônia.
          Não obstante, a violência contra as mulheres ainda atinge números assustadores. Jean-Paul Sartre já dizia que a violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, é sempre uma derrota, infelizmente este pensamento não se faz presente na sociedade brasileira, que apesar de ter leis e delegacias especializadas no combate e prevenção da violência contra as mulheres, apresenta o contínuo crescimento de casos de violência. Depreende-se então a necessidade de existirem ativistas da causa feminina, as feministas, que querem acabar esta violência de gênero no Brasil.
          Portanto, medidas são necessárias para resolver este impasse nesse sentido, o plenário do Brasil deve promover a criação de uma lei que determina a igualdade salarial entre gêneros, para que não aja distinção salarial no ambiente de trabalho. Além disso, cabe ao ministério da educação em parceria com as mídias sociais promover palestras educacionais em escolas e meios de circulação de informações sobre feminismo, sobre a mulher, igualdade de direitos o movimento feminista e seus afins, para que a população se conscientize e entenda a importância da mulher na sociedade brasileira, pois como disse o filosofo Immanuel Kant o ser humano é aquilo que a educação faz dele.