A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    É inegável que as lutas sociais de minorias, foram de extrema importância para a evolução da sociedade. Movimentos, sobretudo feministas, mostraram-se muito importantes pois por meio de protestos e revoltas conseguiram contrariar o patriarcalismo e limitação de direitos. Dessa forma, faz-se necessário explicitar o impacto do feminismo na sociedade.
    Em primeiro plano, é necessário ressaltar que o feminismo, desde a sua primeira onda, iniciada na Revolução Francesa, já tentava transformar a ética até então patriarcal. Dessa forma, entende-se que desde o século XVIII há a necessidade de execução do ideal da garantia dos direitos naturais, proposta pelo iluminista John Locke. Entretanto, nota-se a incoerência dos estados praticantes destas ideias: mulheres, infelizmente somente tiveram visibilidade sociopolítica por volta do século XX.
    Ademais, o movimento destacou-se bastante na luta contra o sexismo e misoginia em prol de igualdade. Houveram mudanças de valores que, ainda que tenham resquícios atualmente, conseguiram diminuir a diferença de tratamento entre homens e mulheres. Aliás, ressalta-se a importância do feminismo no mercado de trabalho: integração e autonomia proporcionaram diferentes tipos de empregos além de quebrarem o tabu "lugar de mulher é em casa".
    Entretanto, o patriarcalismo e a falta de instrução ética e sociológica enraizado na cultura muitas vezes destoam o ideal de igualdade proposto. Parte da sociedade ainda associa o feminismo como uma luta social errada. Dessa forma, entende-se a necessidade de transformação social.
    Infere-se, portanto, que o feminismo é uma luta primordial na sociedade. Assim, é necessário que o Ministério da Educação projete o ensino sociológico e ético desde a base - ensino fundamental - e, desde cedo instruir o pensamento crítico à ideologias e cultura machistas. Ademais, cabe às escolas, aliadas as famílias, o uso desse projeto: arquitetar o ideal de igualdade pelo diálogo e palestras comunitárias. Para que, futuramente seja possível concordar com os ideais propostos por John Locke.