A importância do movimento feminista na luta pelos direitos das mulheres

Envie sua redação para correção
    Em pleno século XXI, muitas pessoas ainda não sabem o que é o Movimento Feminista, quais seus objetivos, suas conquistas. Mas afinal, para que foi criado e por que tantas pessoas sem esse conhecimento?
      Não é de hoje que a mulher é vista como um ser inferior ao homem, que apenas serve para cuidar da casa e ter filhos. Essa 'cultura' existe praticamente desde sempre, até em textos bíblicos como a história de Adão e Eva, na qual Eva foi criada da costela de Adão para fazer-lhe companhia, ser submissa a ele e ter filhos.
      O Movimento Feminista foi criado no século XIX, lutando pelos direitos das mulheres, como o direito ao estudo, ao voto,a igualdade entre os dois gêneros, etc. Ainda existe essa superioridade entre homens e mulheres, onde o homem é visto como forte, corajoso, o 'alfa' da casa; e a mulher como fraca, ingênua, tendo o dever de ser um exemplo de beleza e reprodução. Até nos dias atuais, a mulher tem um salário inferior ao do homem fazendo exatamente a mesma coisa, se for uma mulher negra então, piorou, e isso é um absurdo; sem contar as taxas de abusos sexuais, agressões domésticas, assédios e tudo mais.
       O Movimento tem tomado cada vez mais força no mundo todo, incentivando as mulheres a serem independentes, mostrando que elas podem sim ser o que quiserem, vestir o que quiserem, ir onde quiserem, quando quiserem... enfim, elas podem correr atrás de seus sonhos e direitos. A melhor maneira de combater essa superioridade entre homens e mulheres é através da educação e da informação. O governo junto com a Secretaria da Educação deveria mostrar as crianças e jovens que todos são iguais, tem os mesmos direitos e que a cima de tudo, deveriam respeitar uns aos outros, independente do gênero, classe, vestimenta, etc. Deveria também fazer campanhas na televisão, internet, nos meios de comunicação em geral para mostrar o que é o Movimento Feminista, a sua importância; afinal, o feminismo não é um monstro como muitos pensam, ele apenas luta pela igualdade.