Enviada em: 05/07/2018

Torna-se evidente com a carta de Pero Vaz de Caminha, descreveu a exuberância dos biomas brasileiros em 1500, com o passar dos séculos, ocorreu a deterioração nativa da vegetação de forma violenta, principalmente no litoral brasileiro,que atualmente possui a maior industrialização do país. É inevitável perceber que a poluição e o desmatamento contribuí para a diminuição dos biomas, como o da Mata Atlântica que dispõe menos de 12% da sua formação original segundo o IBGE. Assim transfigura-se a importância da preservação dos biomas da nação,como também os impactos negativos sobre a sociedade.                     É essencial que a preservação dos biomas brasileiros, seja levado á uma maior discussão entre o Ministério do Meio Ambiente, visto que a grande biodiversidade presente no país é única, além disso incontestável que existem inúmeras plantas medicinas que alvos de pesquisas a fabricação de remédios. Assim é possível notar, que além do equilíbrio ecológico que os biomas oferecem, desde dos ´´rios voadores`` que leva chuva ao país, é uma importante fonte de renda aos moradores, pois muitos fazem a venda sustentável de produtos naturais, que posteriormente serão utilizados na fabricação de cosméticos.  Em relação a depravação dos biomas, afeta diretamente a população, tantos problemas ambientais quantos sociais. Nota-se que as crises hídricas são cada vez mais frequentes, assim como ocorreu em São Paulo no ano de 2016, correspondente ao desmatamentos das matas ciliares dos rios, a seca ou alagamento trás obstáculos na economia, especialmente no meio rural, desde uma coleita pobre, que levara ao aumento dos preços e a falta dos alimentos causando uma efeito domino.    Para reverter o cenário problemático, seria pertinente incentivar empresas a serem sustentáveis através de incentivos fiscais, o Ministério da Segurança deverá aumentar o número de fiscalizações nas áreas ambientais,as mídias devem dar um espaço maior sobre a divulgação da importancia dos biomas assim conscientizando a sociedade....