Enviada em: 10/04/2017

O Brasil possui uma riquíssima biodiversidade, repleto de ecossistemas com inúmeras espécies de animais e vegetais. Seus principais biomas são a Mata Atlântica, Floresta Amazônica, Cerrado, Caatinga, Pantanal e Pampa. Entretanto, embora cada um deles tenha sua importância para a natureza, atualmente, o ser humano vem desmatando-os de forma irresponsável e desenfreada.       Em primeiro instante, é necessário entender que o desmatamento é o principal problema acerca dos biomas brasileiros. Devido a uma sociedade capitalista e globalizada, estamos destruindo o meio ambiente quando retiramos dele muito mais do que precisamos para sobreviver, com o intuito de satisfazer nossas necessidades inventadas. Dessa forma, como cada bioma apresenta fauna e flora específicas, explorá-las pode acarretar a extinção da diversidade biológica ali existente.       Além disso, o desequilíbrio da natureza provoca danos não só para as espécies que habitam determinado local, mas em todos as outras e no próprio meio ambiente, visto que afeta as relações entre as espécies e o meio em que vivem. Sendo assim, mudanças climáticas, aumento de doenças e epidemias, queda da qualidade de vida da população e destruição e diminuição dos habitats naturais são algumas das consequências ocasionadas pela perda da diversidade ecológica.       Fica evidente, portanto, que é preciso  conservar a biodiversidade do país e refletir sobre as formas de consumo dos recursos naturais; uma vez que, a preservação dos biomas é de total  importância para a vida. Por isso, o Ministério do Meio Ambiente deve reforçar a fiscalização sobre as reservas naturais e aplicar, de acordo com a lei, medidas punitivas quando necessário. Ademais, a mídia deve usar sua capacidade de influenciar e por meio de comerciais, propagandas e novelas, estimular a responsabilidade social e reflexão sobre a preservação e conservação ambiental....