Enviada em: 01/06/2017

O território brasileiro é formado por seis biomas: cerrado, caatinga, pampas, mata atlântica, pantanal e amazônia. Esses apresentam níveis preocupantes de exploração não sustentável devido às riquezas que possuem. O esgotamento de tais recursos deve ser evitado, pois apresentam importantes funções na composição climática do Brasil e do mundo, além de abrigarem fauna e flora únicas.   Dessa forma, pode-se dizer que os biomas brasileiros são importantes para a manutenção da vida devido ao seu potencial de absorção de dióxido de carbono (gás que é liberado na queima de combustíveis fósseis e que causa problemas respiratórios, principalmente), à grande quantidade de chuvas que são provenientes da evaporação da água dos rios e à grande quantidade de fármacos que podem ser produzidos a partir da flora endêmica dessas regiões.    Além do citado, as florestas brasileiras abrigam significativa quantidade de indígenas, que vivem nessa região e teriam dificuldades em se adaptar ao ambiente urbano. Esses, por lei, tem direito à posse de terras no território amazônico, mas sofrem constantes ameaças à vida em decorrência de confrontos por terras com latifundiários e com extratores de madeira e minérios.    Pode-se perceber que além de ser importante por contribuírem para a regulação das chuvas e purificação do ar, os biomas brasileiros abrigam índios e grande quantidade de animais e plantas que estão sendo ameaçados pelas indústrias madeireiras e extrativistas. Portanto, o Governo Federal deve, por meio de mídias televisivas e virtuais, conscientizar o indivíduo da importância de não comprar madeira ilegal nem animais silvestres ou seus subprodutos. A Polícia Federal deve intensificar as fiscalizações nas reservas florestais, aumentando o policiamento e investindo em tecnologias que visem a captura de criminosos....