Envie sua redação para correção
    A legalização dos jogos de azar esbarra em um preconceito estrutural dentro da sociedade e da política brasileira. Instaurada pelo ex presidente Getúlio Vargas, este com a intenção de causar danos a adversários políticos, o Decreto-Lei 9215, de 1946, que proibi os jogos de azar, principalmente o jogo do bicho que financiava a oposição a Vargas, ainda está em vigor, mostrando um certo atraso político e social do país. Visto que, países como os E.U.A. e a China que têm os jogos legalizados desde o início do século XIX, aproveitam-se deste para atrair turistas e assim estimular a economia. 
        Em primeiro lugar, ressalta-se a criação de novos empregos gerados pela indústria dos jogos de aposta. Segundo a Associação Americana de Jogos, o entretenimento gera um milhão e setecentos mil empregos e tem um PIB conjunto, incluindo toda a cadeia econômica, de duzentos e quarenta milhões de dólares. Além disso, o professor da Universidade de Michigam, Erick Gordon, assegura que ocorra um incentivo ao turismo, e a geração de postos de trabalho que exigem baixa qualificação. Dessa forma, os jogos passam a ser algo lucrativo para o Estado, que deixa de lado o trabalho de "enxugar gelo'' que é a repressão ao jogo.
    
          Ademais, outro fator que é beneficiado pela ratificação é a entrada de capital estrangeiro no país, em especial, o dólar. A conferência de Bretton Woods, em 1944, que configurou o dólar americano como a moeda que paga as dívidas externas de um país, nisso, a entrada de turistas que injetem esse dólar diretamente na economia, sem precisar importar parar isso é uma vantagem econômica para o país . Em contrate com a queda da entrada de dinheiro estrangeiro, que segundo o IED, Investimento Estrangeiro Direto caiu 40% entre 2011 e 2018. Com isso, ajuda o Estado brasileiro a pagar sua dívida externa impulsionando a economia.
    
          Portanto, é imprescindível que ocorra a legalização dos jogos, visto que se pode trazer inúmeros benefícios ao país. Para isso, o Poder Legislativo deve revogar o Decreto 9215. Além disso, é inevitável que o Estado estimule a indústria do jogo, com a adoção de isenções fiscais para os empresários que desejarem abrir um cassino. E também, a exemplo de Las Vegas que é uma cidade no meio do deserto, poder-se-ia cercar uma região do sertão nordestino para fundação de uma ''cidade dos jogos'', com a realização de vendar de lotes e a criação de uma infraestrutura adequada para atrair micro e megaempreendimentos, com o intuito de estimular a economia da região e a retirada de milhares de nordestinos da miséria