A mobilidade urbana no Brasil

Envie sua redação para correção
    Na sociedade contemporânea brasileira,o deslocamento da população nas cidades acontece de forma desigual, o que acarreta uma série de problemas. Esse cenário comprometedor é gerado pela negligencia governamental, e pela ideia de individualismo propagada pelas instituições formadoras de opinião.
        O sistema de transporte público do Brasil é diferente em todo o país, e  tem que melhorar em sua totalidade , pois ainda que em algumas regiões ele funcione melhor, pode ser considerado falho.Tal que,  segundo o IBGE, em 2010 ,apenas em 15 cidades tinham linhas de metrô, o que evidencia a falta de investimento em meios de transportes públicos, fazendo com que , especialmente a população com baixa renda , tenha maior dificuldade para se deslocar, e que o transito das cidades se torne cada vez maior.
        Entretanto , mesmo em cidades que o sistema público de locomoção é mais desenvolvido, muitas famílias, ainda que inconscientemente,criam em seus descendentes um sentimento de individualidade, levando os jovens a não quererem usar meios compartilhados de locomoção, como mostra o estudo "O Global Automotive Consumer Study: Future of Automotive Technologies", que 64 % dos jovens brasileiros afirma que nunca, ou quase nunca , utilizam serviços de compartilhamento de veículos, o que gera congestionamento em grandes cidades.
        Portando, para que os problemas na mobilidade urbana brasileira sejam resolvidos, é necessário que o governo melhore e expanda os transportes compartilhados públicos, como metrôs e ônibus , para mais cidades brasileiras, e que esses meios de transportes passem por mudanças e se tornem mais confortáveis para os usuários, para que, juntamente c as instituições formadoras de opinião, diminuam o sentimento de individualismos nos cidadãos brasileiros para que possam passar a usufruir dos meios públicos de transporte e diminuir o número de transportes individuais, melhorando a mobilidade urbana para toda a população.