A mobilidade urbana no Brasil

Envie sua redação para correção
    A falta de mobilidade urbana é um problema recorrente na história do Brasil. Grandes cidades como São Paulo ou Rio Janeiro cresceram ao acaso, e a falta de planejamento somada com o crescimento populacional sem controle do  estado, resultam em cidades com altas taxas de densidade demográfica destarte a isso surgem problemas como a sobrecarga na prestação dos serviços públicos.
       Nos anos de 1930 a 1940, o Brasil estava passando pelo governo de Getúlio Vargas, em tal época o setor industrial que era pouco visado nas décadas anteriores foi amplamente estimulado.Principalmente nas regiões Sul e Sudeste do país. Esses acontecimentos despertaram enorme fascínio aos nordestinos: que buscavam melhores condições de vida. De modo que proporcionou-se desta forma um êxodo rural.
          A expansão desenfreada da população ocasionou o sobrepeso de serviços públicos como: As super lotações em ônibus e metrôs, e ainda têm-se os grandes números de veículos circulando nas ruas. Por mais que existam diversos rodízios de placas, a quantidade de carros ainda é exacerbada sempre causando um trânsito monstruoso.
         À luz dessas considerações são necessárias atitudes, que devem parti do Estado e da Sociedade. O estado deve efetivar a modernização e o aumento na frota de transportes públicos para que assim as pessoas possam ir ao trabalho em coletivos, diminuindo o uso do carro próprio, e dentro da sociedade deve estimular-se o uso de caronas.