Envie sua redação para correção
    É de conhecimento público que todo indivíduo possui o direito de ir e vir. No entanto a locomoção em grandes cidades através do modal rodoviário tem se tornado uma tarefa árdua, isso evidencia-se não só pelos congestionamentos, mas também pelos ônibus e metrôs lotados, além do desrespeito às regras de sinalização do trânsito brasileiro.
          Permanecer preso em um engarrafamento já é parte do dia a dia de alguns trabalhadores. Segundo dados do IBGE, no Brasil existem aproximadamente 53 milhões de automóveis, assim, a lentidão no trânsito é causada pelo alto número de veículos nos horários de "pico", quando há muitas pessoas indo trabalhar ou voltando para casa. Esse problema, pode ocorrer também por culpa dos acidentes, que atrapalham o fluxo de veículos. É nesse momento que cada motorista precisa manter a calma.
          Além de enfrentarem também congestionamentos, os trasportes coletivos, principalmente ônibus e metrôs precisam ser lapidados para adquirirem uma estrutura que atenda à todos. Os usuários de determinadas linhas, além de não possuírem pontos de ônibus em boas condições e sem informações claras sobre as rotas, precisam ainda lidar com a lotação e as "brigas" para ver quem entra primeiro e garante uma vaga, mesmo que seja em pé. Problema de lotação esse, que os metrôs compartilham.
    
          O desrespeito às regras de sinalização é outro fator contribuinte para os desafios na mobilidade urbana. É comum ocorrerem casos de caminhões que ultrapassam o limite de altura estabelecido e colidem com pontes rodoviárias, danificando a estrutura das mesmas. Além disso, diversos acidentes são causados por culpa do descumprimento de regras básicas, como cortar outro veículo em local proibido ou dirigir acima da velocidade permitida. Existem diversas falhas por parte do governo, mas é necessário que cada cidadão faça a sua parte.
    
          Destarte, é fundamental que o governo de cada município reforme as paradas obrigatórias de ônibus que estão danificadas e coloque informações claras sobre às linhas, além disso, os ônibus precisam ser equipados para atender à necessidades básicas, como ar condicionado. Existe assim, uma urgência no aumento de metrôs e ônibus que circulam, afim de incentivar o uso dos mesmos. Quanto ao indivíduo, é importante que se conscientize e utilize por exemplo um "rodízio" de caronas com colegas de trabalho, além de passar a usar transporte coletivo e bicicletas, afim de reduzir além dos congestionamentos, os impactos ambientais gerados por automóveis. Dessa forma, cabe também ao governo da cidade, a implantação de ciclovias e calçadas bem estruturadas. A melhoria da mobilidade urbana não depende apenas do governo brasileiro.