Envie sua redação para correção
    Promulgado pela ONU em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todos os indivíduos o direito a Eixo Social (transporte, saúde, educação...) e ao bem-estar social. Conquanto a mobilidade urbana no Brasil impossibilita que essa parcela da população da população desfrute desse direito universal na pratica. Nessa perspectiva, os desafios das melhorias nos transportes coletivo público e crescente demanda de carros devem ser superados de imediato para que uma sociedade integra seja alcançada.
        Em primeiro plano, é importante ressaltar que os transportes públicos coletivos são necessários  para o desenvolvimento de um país. Hodiernamente, ocupando a nona posição na economia mundial, seria racional acreditar que o Brasil possui um sistema público de transportes eficiente. Contudo, a realidade é justamente o oposto e o resultado desse contraste é claramente refletido na mobilidade urbana. De acordo com Karl Marx, filosofo, sociólogo alemão, afirma que o capitalismo priorizaria lucros em detrimento de valores. Diante do exposto, o governo tem que ser sensato e obter pelo bem-estar da sociedade e não priorizar os lucros. 
        Em segundo plano, ainda vale salientar a crescente demanda de carros como impulsionador do problema. No governo de Juscelino Kubitschek (1956-1961), e o seu legado de planos de metas com indústria automobilística,criou-se uma cultura, em que o carro é sinônimo de status social, fazendo com que as demandas e compras do mesmo subissem. Diante de tal contexto, podemos observar, que estamos colhendo o que foi plantado em governos passados e que hoje afeta negativamente a vida da maioria dos brasileiros. 
        É evidente, portanto, que há medidas para garantir solidificação de politicas que visem a construção de um mundo melhor. O governo deveria dar mais transportes públicos com a necessidade ideal para atender a demanda da população, que fossem sustentáveis para poluir menos, junto com que promovesse mais integração entre os tipos de transportes ( metro e ônibus). Dessa forma, o Brasil poderá supera o excesso de carros e melhorar os transportes coletivos públicos. A partir dessas ações, espera-se promover uma melhora das condições da mobilidade urbana.