Enviada em: 31/07/2019

No Brasil, a mulher conquista cada vez mais um espaço no mercado de trabalho, mas há desigualdade, onde a mulher encontra-se inferior ao homem e aos direitos trabalhistas.   Diversas empresas possuem práticas preconceituosas diante da mulher, sendo desvalorizada no mercado de trabalho, aponta pesquisa salarial realizada pela Catho. Para alguns, a mulher é apenas a figura que possui a obrigação de cumprir tarefas domésticas, para tais há uso "exclusivo" somente ao marido.    De acordo com o Ministério do Trabalho a mulher ganhou um grande crescimento no mercado durante a última década, subindo de 40,8% para 44%. Este fato apresenta um crescimento e queda no preconceito da sociedade em geral com as mulheres.  Conclui-se, portanto, que obtiveram diminuições do preconceito no mercado de trabalho, mas ainda não é o esperado, pois o conjecturado é que este preconceito não exista mais na sociedade.