Envie sua redação para correção
    Informar, tratar e apoiar
         Os seres humanos sofrem com doenças mentais desde os primórdios. Esses transtornos já foram considerados sinais de bruxaria e influência do demônio. Atualmente sabe-se mais sobre suas causas e consequências, mas a pouca divulgação de informações faz com que a psicofobia (preconceito contra portadores de doenças mentais) persista, tornando a discussão do assunto em algo urgente e imprescindível.
         As causas das doenças mentais são diversas, como predisposição genética  ou trauma ao longo da vida. A falta de conhecimento mais a demora no diagnóstico e tratamento agravam o transtorno, por exemplo, aumentando os riscos de dependência química, automutilação e suicídio. Essa é, infelizmente, a realidade de grande parte dos milhões de afetados pelas doenças mentais, principalmente pela depressão, em todo o planeta.
         Por outro lado, recentemente tem sido notória a maior visibilidade do tema, principalmente em novelas, filmes e séries, que são meios de grande alcance capazes de difundir informação e alertar a população para os sinais e efeitos das doenças mentais tanto para o afetado quanto para aqueles ao seu redor. Consequentemente, isso abre espaço para discussões sobre o assunto e para meios de tratar e auxiliar os portadores desses transtornos.
         A doença mental, quando diagnosticada e tratada rápida e adequadamente, tem grandes chances de ser revertida. Para isso, é importante que o Governo, através do Ministério da Saúde, invista num sistema de prevenção para que se evite o agravamento dos quadros clínicos e garanta uma rápida recuperação. Além disso, é imprescindível que hajam campanhas de conscientização através da internet e da televisão com alertas para sintomas, como o isolamento, e para a importância do apoio da família em momentos tão difíceis para o paciente.
         Segundo a Organização Mundial da Saúde, uma pessoa só é considerada saudável quando há bem estar físico, mental e social. Logo, se o psicológico está sendo afetado de alguma forma, há ausência de saúde, que deve ser recuperada o mais rápido possível. Sendo assim, a discussão sobre as doenças mentais é importante para que todos tenham conhecimento das consequências e da importância do tratamento e, dessa forma, o preconceito seja substituído por apoio e empatia e, assim, a saúde seja garantida.