A necessidade de debater as doenças mentais

Envie sua redação para correção
    Ansiedade. Depressão. Bipolaridade. Esses são apenas alguns, dos diversos transtornos mentais que existem e muitas das vezes são tratados como tabus. Pessoas que tem alguma dessas doenças são tidas como loucas, o que é um tipo de preconceito. Alguns desses problemas não são tão famosos e por isso não são tratados de imediato, como é o caso da ansiedade e do déficit de atenção.
        O distúrbio de ansiedade é uma enfermidade pouco conhecida. Essa inquietação é comum, mas deixa de ser quando começa a afetar a saúde de alguém e os sintomas se tornam constantes. É de grande importância o debate sobre esse assunto, para que quem tem consiga identificar e procurar ajuda. Assim amigos e familiares podem dar o apoio necessário, o que é muito importante nesses momentos.
        Além disso, há o déficit de atenção que acaba causando uma má qualidade de vida quando não tratado. Normalmente quando uma criança ou adolescente tem dificuldades na escola, sofre preconceito por parte dos colegas. Às vezes a pessoa é muito inteligente, porém tem essa doença que precisa ser tratada e por isso precisa ser discutida para que seja respeitada por todos.
        Portanto, se fazem necessárias medidas para que indivíduos com transtornos mentais sejam respeitados. As escolas devem organizar palestras, mostrando o que são essas doenças e acabando com esse pensamento de pessoas loucas. O Ministério da Saúde precisa oferecer um melhor atendimento a quem precisa de tratamento psicológico e as mídias têm que divulgar os diversos casos dessa enfermidade para que sejam todas conhecidas.