A necessidade de debater as doenças mentais

Envie sua redação para correção
    A cada ano que passa, mais aumenta a quantidade de pessoas com algum distúrbio psicológico que afeta o doente, em si, e seu próximo. Dentre estas doenças se destacam a depressão, síndome do pânico e o tão temido mal do século: a ansiedade. A necessidade da discussão destas síndromes se pautam em dois pontos cruciais: o modo de prevenção e o tratamento eficaz.
            A prevenção da doença é um fator importante,pois, pode ser evitado, fazendo com que o indivíduo afetado tenha menos chances de contato com o motivo que possa levá-lo a tal síndrome. A prevenção das consequências trazem também são cruciais, porque o indivíduo dependendo do estágio da doença pode acabar cometendo suicídio, homicídio ou qualquer outro acidente envolvendo outras pessoas, até mesmo inocentes. Deste ponto,surge a ideia do tratamento.
           O tratamento para a eliminação da doença ou atenuação da mesma deve ser extremamente eficaz. Eficácia que traga bem esta, vigor físico, pois a maioria dos tratamentos têm por base medicamentos fortes que deixam seus usuários sem ânimo e nem vigor. O tratemento deve ultrapassar a linha de medicamentos e entrar em conjunto com a pscicologia. Terapia pode ser uma forte aliada neste sentido, desvendando traumas que podem ser a causa do mal que a pessoa está passando e até mesmo conseguir solucional tal problema.
           É fundamental a discussão deste assunto para que possa haver preveção com afinco e tratamento eficaz. É fundamental a inclusão do pscicólogo neste meio, e que o paciente tenha um bom convívio com a família e a sociedade em geral.