A necessidade de debater as doenças mentais

Envie sua redação para correção
    A necessidade de debater as doenças mentais
    Desde o início do século XXI, nota-se um considerável aumento de pessoas com alguma condição que afeta o seu humor, raciocínio e comportamento (transtorno mental) que pode se agravar na falta do tratamento adequado. Tais doenças podem causar graves problemas na vida  de uma pessoa, e algumas vezes, em um estagio de maior agravamento, por em risco sua integridade e de quem estiver a sua volta. 
     Os transtornos psicológicos em determinados momentos, influenciam de forma negativa na vida profissional, pessoal e social de um indivíduo. Pacientes durante uma crise de depressão, por exemplo, tendem a faltar na escola, no trabalho ou em eventos importantes, o que poderia prejudica-los, logo que, nem toda a sociedade  os compreendem pelo que passam.
     Além de exercerem tal influência, problemas psíquicos podem se agravar facilmente com tensão e pressão, sentimentos decorrentes do dia a dia. Por esta razão, torna-se imprescindível a presença de acompanhamento médico, visto que, durante uma crise ou momento difícil, o doente possa atentar contra sua própria vida ou de outro, por exemplo.
     Diante disso, nota-se claramente a necessidade de realizar debates sobre doenças mentais não só com a finalidade de promover a compreensão de todos, mas  também de o poder público se atentar da importância dos hospitais e centros especializados, para que possam ser oferecidos tratamentos de qualidade à quem precisar.