Envie sua redação para correção
    Supressão
    
     Doenças psicológicas são um tabu para a sociedade. No entanto apresentam grande classificação no ranking da ONU, com 3% de afetados no mundo e 1% da população brasileira nessa estatística, falta de atendimento e apoio familiar são apontados como principais problema.
       Foi criado uma especie de estigma por parte da sociedade, a compreensão de pessoas afetadas por transtornos da mente devem ser extintas do pensamento social. Cultura de exclusão essa que se originou e se propagou na década de 80, com os "manicômios", onde esses indivíduos eram submetidos a diversos tipos de tratamentos, muitos absurdos, alguns acabavam com seus sintomas agravado.
           Tão grave quanto a exclusão social é a falta de medicação, problema que assola a maior parte das unidades de atendimento do SUS, a falta de medicamentos indicados para tratar a esquizofrenia em estagio avançado, indivíduos que apresentam alucinações e episodios graves de tentativa de suicidio. A legislação prevê direitos para quem tem deficiência, pessoas com doenças mentais não podem ser colocadas de canto, deve se dar ao menos assistência básica, saúde e trabalho e trabalho.
          Esta comprovado por psicanalistas que o convivio com a sociedade e coma familia ajuda no tratamento de doenças mentais, então porquê não criar meios de inseri-los no mercado de trabalho e dar assistência médica.
           A esquizofrenia e outros transtornos da mente são doenças crônicas que passeiam por nossas emoções. Acreditar no potencial desses indivíduos de se reconectarem à vida é o primeiro passo para fortalecer uma politica pública de saude mental e derrubar preconceito.