A necessidade de debater as doenças mentais

Envie sua redação para correção
    A falta de um debate mais aberto a respeito dos transtornos mentais, coloca em dificuldade a inserção de pessoas que sofrem desses males. O preconceito existente, se dá pela falta de informação de um assunto considerado por muitos um tabu.
    Uma das maiores dificuldades dos portadores desses transtornos está em se manter inseridos dentro de uma sociedade, que prefere fechar os olhos a um problema que atinge cada vez mais pessoas em todo o mundo. Levar para dentro de escolas, universidades e ambientes de trabalho uma discussão aberta, com a participação de profissionais de saúde é necessária no auxílio e inclusão dos doentes. 
    Uma das causa de recorrência de doenças como a depressão, é o abandono do tratamento pelo paciente, muitas vezes motivado pelo medo e pela vergonha. Ao sentir-se rejeitado pelo grupo, prefere esconder a doença, agravando os sintomas e tornando difícil uma recuperação futura. É fundamental portanto, que gestores, professores, familiares criem um ambiente de acolhimento e incentivo, para que o paciente sinta-se aceito e possa levar uma vida mais próxima possível do normal.
    A nós, cabe romper a barreira do preconceito e estimular a criação de ambientes de acolhimento e apoio aos portadores de transtornos mentais. Um desafio que pode ser vencido se deixarmos de lado o preconceito e trouxermos a luz do debate público discussões a respeito das doenças mentais, como forma de prevenir e apoiar os doentes.