Envie sua redação para correção
    Mal do Século                                                                Trabalhar demais, estudar demais, cobrar-se demais. Tudo em excesso é prejudicial e pode acometer quem o pratica. Tal que, doenças mentais não é algo somente hereditário, mas também adquirido quando se faz algo em quê trabalha ou exige muito da mente. Observa-se que o "mal do século" é a depressão e a ansiedade, doenças estas que acometem o ser humano.
                Observa-se que o ser humano se cobra e exige muito de si, tanto no ambiente familiar quanto no trabalho, e isso os prejudica causando, segundo Augusto Cury, a síndrome do pensamento acelerado, onde o indivíduo passa a maior parte do tempo pensando e planejando o futuro, ou seja, sofrendo por antecedência. 
              Essa compulsão, entre vários outros sinais podem não ser somente um "defeito" de quem o pratica, mas sim, uma doença mental. Muitas vezes doenças desse tipo são silenciosas, e quando expostas já estão em um estágio avançado a qual o tratamento poderá ser feito através de medicamentos ou terapias ocupacionais para tal paciente.
              Observa-se que todos os seres humanos estão propícios a passar por certos momentos de fraqueza, a qual são submetidos a algumas situações desnecessárias que acabam os fragilizando ou sentindo-se humilhados. Um exemplo de início para doenças como depressão é o bullying, onde crianças após sofrê-lo fazem terapias para voltar a escola, a rotina ou até mesmo ter contato com os familiares.
                 Portanto, o cuidado, preocupação e a observação podem ser os pontos principais para evitar tais males, mas também, o respeito ao ser humano pode ser uma forma de prevenção a essas doenças mentais. Ações sociais ou até a humanização da população podem ser meios para amenizar tais males em que todos os seres humanos estão propícios, formas de distração para trabalhadores em seu ambiente de trabalho, afim de não sobrecarregá-lo pode ser alternativas para amenizar tais males.