Envie sua redação para correção
    Ensinar para melhorar
         O dia da saúde deste ano foi dedicado, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), à depressão, uma das doenças mentais que devem ser amplamente difundidas, entretanto, por ainda serem pouco discutidas, assolam o cotidiano de grande parte da população. Então, ampliar o conhecimento sobre esse tipo de doença, para poder gerar apoio ao enfermo, e ainda, conscientizar os que sofrem desse transtorno a se tratar, são mudanças válidas para salvar várias vida, sobretudo do suicídio.
           Embora haja, no Brasil, uma grande quantidade de pessoas com algum transtorno mental, elas não tem apoio adequado tanto por parte da família quanto pela área da saúde, afinal, esses tipos de doenças permanecem um tabu à sociedade leiga desse assunto. Por esse motivo, os números de pacientes com enfermidades mentais são exorbitantes, acarretando mortes, principalmente por suicídio, o qual na sociologia é denominado por Émile Durkheim de fatalístico, pois é motivado por uma patologia que conduz a um estado elevado de melancolia.
           Os enfermos não costumam encontrar ajuda em casos de debilidade mental, pois, eles acham que é apenas algo passageiro, estresse do dia corrido, porém pode ser algo mais grave. Desta forma, os casos de patologias mentais tendem a aumentar, visto que muitos passam por transtornos sem ajuda medica, ou seja sem saber que possui uma doença, acarretando maiores índices de portadores de doenças mentais encontrados do Brasil e no mundo.
          São necessárias ,portanto, medidas com a finalidade de diminuir e com o tempo erradicar as doenças mentais, consequentemente o numero de morte e a famosa psicofobia ( preconceito com portadores de deficiência  mental). Para esse fim, deve-se, por meio da OMS, criar campanhas de conscientização das patologias mentais, ministradas por psicólogos competentes, a fim de ensinar a população sobre essa doença e desconstruir esse tabu. Ademais, é dever de toda a população respeitar todo tipo de diagnostico e a partir das campanhas de conscientização ajudar ao próximo que possa ter suspeita de algum problema mental, instigando o individuo a procurar um especialista e se tratar, para que futuramente as pessoas consigam viver seus dias com mentes saudáveis.