A necessidade de debater as doenças mentais

Envie sua redação para correção
    Doença mental é algo que pode trazer grande efeito negativo ao seu portador, seja em seus afazeres, seja na vida social ou no trabalho, e muitas vezes é ignorada pelo desconhecimento de seus sintomas e no que isso pode acarretar, e que mesmo sendo tão grave quanto uma doença física, infelizmente é considerada como algo passageiro.
         Pessoas com depressão por exemplo, muitas vezes são aconselhadas a se distraírem e a fazerem algo que gostem como uma forma de cura ao invés de uma consulta ao  psiquiatra, mas não é tão simples de se tratar alguma doença deste gênero, pois junto com ela há uma cadeia de consequências, tais como  a perda do foco nos estudos, mau rendimento na execução de alguma tarefa no trabalho, o isolamento ,e falta de animo em qualquer pequena atividade do dia a dia pela divisão do que é real pelo o que se passa na cabeça, por um longo período de tempo.
         Doenças mentais se manifestam em qualquer idade, tendo efeitos diferentes de acordo com cada uma, como defice de atenção na infância, depreção e ansiedade na adolescencia e vida adulta, e demencia na velhice e etc, mas ainda é como um tabu, se envolve em grande preconceito por amigos, familiares, e a própria pessoa, causando estranhamento e apreensão, talvez até rejeição de assumir que possui o problema, como causa disso tudo a falta de alertas de que doenças mentais não são besteiras e realmente existem.
         Seria de grande ajuda aos pacientes, implantação de órgãos públicos de serviços psiquiátricos, tanto para tratamentos de ambos os sentimentos, já que os bons levam a sensação de repressão ao não ter com quem os expressar, uma abertura para que se possa falar o que aflige para averiguação com o intuito a recomendação de remédios, tratamentos e afins, e publicidade nas mídias alertando e ensinando os sintomas, causas e efeitos para que os que não conhecem a fundo o que ocorre com uma pessoa doente.