Envie sua redação para correção
    Mente sadia, homem saudável 
      Doenças e transtornos mentais são alterações no sistema nervoso causados por genética, ou mudança na química cerebral. A estimativa é que no Brasil, cerca de 23 milhões de pessoas sofrem com esses problemas, e não têm o acompanhamento necessário, influenciado pela ineficiência do sistema de saúde e por estresses diários que afetam o psicológico.
        O maior número de casos ocorre por problemas hormonais, ou uso de substâncias toxicas que alteram a química cerebral. Estresses diários, medo e ansiedade são presentes na vida adulta, que são os mais afetados pelos transtornos. A presença desses sentimentos ruins, altera os hormônios humanos e, muitas vezes, os levam a usar drogas que aliviem a tensão. Com isso ficam cada vez mais nervosos, e com tristeza intensa, levando a um quadro de doenças mentais como depressão, bipolaridade, e distúrbio do pânico.
       Com a saúde mental debilitada, o corpo passa a ter problemas também. E com a seriedade disso, o tratamento deve ser imediato, porém, no Brasil o sistema ambulatório das unidades básicas de saúde se encontra ineficiente aos cuidados de distúrbios mentais, faltando vagas nos hospitais públicos, o que faz com que muitos pacientes fiquem sem tratamento, por não terem condições de pagar um psiquiatra.
        A criação dos Centros de Atenção Psicossocial- CAPS - implantadas no Brasil em 1986, tem papel importante, tanto na prevenção, quanto na terapia dos indivíduos já com problemas. Se tratam de instituições que visam a substituição de internamentos psiquiátricos, e manicômios melhorando a interação social dessas pessoas, ao se relacionarem com outros com os mesmos problemas. 
        Para melhores resultados na luta contra esses distúrbios, o melhor atendimento a saúde mental é necessário, junto com a difusão do CAPS, para que diminua consideravelmente o numero de pacientes.