A necessidade de debater as doenças mentais

Envie sua redação para correção
    A segunda geração do Romantismo,no seculo XIX, foi caracterizada pela dor e sofrimento do ser humano denominada de "mal do século".Tal aspecto se fazia presente pela constante crise existencial e fuga da realidade para tentar solucionar os problemas pessoais.Hoje,é notório a permanência desse pensamento no qual ocasionou um elevado numero de casos de transtornos mentais na sociedade.A combinação de fatores socioculturais somados à busca da própria identidade,são as principais causas da problemática.
     O contexto familiar é o local mais propicio para a formação dos problemas de transtornos psicológicos. Isso se dá através da perda de vínculos afetivos entre os entes e as manifestações de violências domesticas, nas quais colocam os indivíduos em situações de vulnerabilidade.Sabe-se que o desenvolvimento do ser é realizado por meio das influências e idealizações e ,dessa forma, ao haver a perpetuação de conflitos entre as pessoas próximas dentro do lar, se tornam sucessíveis à propagações de atos irreparáveis como o suicídio.Diante disso, uma serio de circunstancia consideradas decepcionantes para tais indivíduos, podem criar um cenário de falta de esperança no futuro assim como no Romantismo,na qual o pessimismo era constante.
     Outrossim,o sentimento de não pertencimento à sociedade pode colaborar na manifestação de doenças como a depressão, na qual é capaz de levar o individuo a por fim em sua própria vida.diante disso,um dos atuais problemas é o Bullying,principalmente no âmbito escolar, em que os jovens são influenciados e manipulados por opiniões alheias, que,na maioria das vezes,é imposta de forma pejorativa e depreciativa.Com isso, a dor e o sofrimento por não ser considerado membro integrante de tais grupos propicia o desejo de isolamento social, o que acarreta na perda da identidade do individuo que agora, não encontra sentido nas coisas da vida alem de não se sentir parte do meio em que vive.Dessa forma,tal perda de uma referencia de valor à vida possui como válvula de escape,na maioria dos caso, a realização do suicido.
     Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse que perdurou entre os seculos.É fundamental que a família,realize atividades rotineiras de convívio entre os entes que apresentarem indícios de transtornos mentais, para que haja um acolhimento entre os eles para melhorar as relações interpessoais.O encaminhamento de profissionais de saúde,como psicólogos, se faz necessário em tais casos para que se realize o rápido diagnostico da doença e, por isso,é importante que o Governo disponibilize consultas gratuitas e de fácil acesso ao individuo.Por fim, cabe a Escola a efetiva atenção aos casos de Bullying e que realize atividade que estimulem a autoestima do ser e zelo à vida.