A necessidade de debater as doenças mentais

Envie sua redação para correção
    Doença mental é descrito pela medicina como um desequilíbrio psicológico do cérebro que pode ser causada por fatores externos e internos. Com base nisso, estabelecem-se a necessidade de debate social acerca de quais medidas tomar para trazer a sociedade um bom conhecimento do tema.
      É muito comum uma pessoa dizer que está com dores nas costas, cabeça e qualquer outra dor física a doença ligada a mente, como depressão, transtorno bipolar, distúrbio de ansiedade, entre outros. Visto que poucas acham que realmente isso pode ser tratável, e o tempo pode curar.
      Embora pouco discutido, é notável que fatores externos como estresse no trabalho, família, correria do dia a dia e rotinas puxadas sem descanso, levam o ser humano, de forma inocente, a desencadear gradualmente alguma patologia da mente.
      Não é de hoje que profissionais da saúde alertam que, lazer, exercício físico e uma boa alimentação ajudam na produção de serotonina, hormônio ligado ao prazer e felicidade. E a falta dela é capaz de afetar aos poucos nosso estado psicológico e emocional. 
      A superficialidade da informação, portanto, levam uma mente a adoecer, muitas vezes sem o portador saber diagnosticar sua origem. O conhecimento é necessário, e o debate ajudará nisso, conscientizando e direcionando os cuidados que o doente deve tomar. Além do Governo e Ministério da Saúde promover psicólogos e psiquiatras para tratar com remédios, o incentivo de uma vida saudável deve gradualmente ajudar em uma vida com mais bem-estar. Ademais, campanhas em escolas e mídias sociais devem alertam que nosso cérebro é um músculo que precisa de cuidados e requer atenção.