A necessidade de debater as doenças mentais

Envie sua redação para correção
    No passado, doenças psicológicas eram consideradas como loucura, anormal ou especial. Contrariamente aos séculos de XV à XIX, o conceito de loucura passou de natural à patológico. Nos debates do século XXI, discutem-se pontos pela necessidade de mudança de visão sociocultural sobre transtornos mentais.
     Os alienados eram seres que foram temidos por serem agressivos. No Brasil, com inúmeras mortes em manicômios, os trabalhadores de saúde mental organizaram-se através de uma mobilização em várias cidades do país, que culminou em uma reforma psiquiátrica. Com esse acontecimento, suscitou uma nova forma de pensar e que necessita na participação da sociedade e uma ampla discussão.
     A sociedade precisa de projetos que insiram toda a sociedade, principalmente em universidades onde os jovens frequentam. Mas, percebe-se uma ausência de projetos educativos externos à faculdade.
     Com intuito de promover o espaço de discussão e a redução de preconceito à pessoas com transtornos mentais, o governo poderia ajudar com projetos sociais e que professores e alunos de ensino superior na área de saúde possam ajudar as pessoas que tem transtornos e aquelas que precisam saber sobre os transtornos, para que haja uma ampla sabedoria na sociedade.