Envie sua redação para correção
    No seriado American Horror Story Asylum, trouxe ao público o sofrimento de diversos doentes mentais no século passado. A falta de tratamento adequado, maus-tratos, abusos sexuais e associação a bruxaria levavam a piora do paciente e muitas vezes ao suicídio. Já fora das telas,  transtorno como depressão, ansiedade e bipolaridade afetam metade da população brasileira. Tornando passivo as discussões acerca do tema, pois a falta de infraestrutura e atendimento ao paciente acaba por gerar problemas sociais e de saúde publica.
            Nota-se, que a falta de infraestrutura de muitos postos de saúde e hospitais levam a desistência do paciente em pedir ajuda. Poucos pontos fazem atendimento ambulatorial psiquiátrico, como consultas, rodas de conversas , por exemplo. Centro de atenção psicossocial infantil ou Caps como é conhecido, acaba sendo umas das alternativas de ajuda ao paciente. Porem, a má remuneração dos médicos e precária infraestrutura do local, acaba por dificultar o acolhimento a população. Sendo preciso doações,parcerias privadas e ajuda de ONGs para manter o projeto. 
            Observa-se que a falta de compreensão e respeito, gera o preconceito que é visto em redes de comunicação, por exemplo as redes sócias, paginas como Facebook, Tumblr e Instagram fazem piadas sobre o tema. Tratando o assunto, como uma brincadeira e sento visto como uma doença sem importância por boa parte dos usuários. Adolescentes que sofrem com o transtorno, muitas vezes utilizam as redes sócias para mostrar o seu sofrimento e até suicídio, levando a milhões de visualizações e compartilhamento de usuários. 
               Diante dos fatos mencionados, é necessário uma política de intervenção por parte da sociedade civil como ONG´s, associações ect. Debates e palestras por profissionais da saúde acerca do tema em escolas,universidades e vias públicas.Ademais, parcerias públicas e privadas em criação de hospitais psiquiátricos e utilização dos meios de comunicação como forma de combate e prevenção ao preconceito.