Envie sua redação para correção
    A era da modernidade está trazendo muitos avanços tecnológicos para o homem. Porém, também trás problemas como o que especialistas chamam de "o mal do século 21", a depressão. Tal fato, demonstra que a necessidade do debate de doenças mentais é mais forte do que se imagina.
        Segundo a Organização Mundial da Saúde, a faixa etária em que mais cresce os índices de depressão é a infanto-juvenil. Por muitas vezes, essa doença é pode ser fatal, é ignorada. A série americana Os Treze Porquês, exemplifica bem essa situação. Ao longo dos episódios, a jovem personagem principal lista como seus amigos, família e escola tratam com indiferença os seus problemas e sentimentos. Dado isso, ela entra em profunda depressão e suicida-se.
        Além das crianças e adolescentes, os males psicológicos também atingem os adultos. De acordo com a OMS, a pressão no local de trabalho é a principal causa de crises como a de ansiedade e a de pânico, que já atingem 3 em cada 10 trabalhadores. Tais alterações, acarretam em improdutividade profissional e pessoal, consequentemente, destruindo a auto-estima do indivíduo doente. 
        É indispensável, portanto, que escolas promovam palestras e projetos educacionais, trazendo a família para o meio escolar,  para debater as causas, sintomas e profilaxias de cada doença mental. Também, que sindicatos trabalhistas disponibilizem profissionais de saúde psicológica em suas sedes. Assim, com a discussão de doenças mentais em aberto nesses meios, muitas vidas poderão ser salvas.