Envie sua redação para correção
    È inegável que as doenças mentais são bastante polêmicas na atualidade. Esse tema veio à tona em função dos graves impactos sociais ocorrido no decorrer dos anos. Sua influência direta abrange basicamente dois aspectos: social por estar naturalmente quebrando vários tabus a respeito dessas doenças; e humanitário pelo motivo da depressão ser hoje um dos maiores motivos de invalidez do mundo. Com isso faz-se necessário buscar os meios mais adequados para suprir essa necessidade de debate.
          Nesse contexto, fica claro que a sociedade não está preparada para enfrentar tais doenças, sendo assim, muitas pessoas não sabem quais são seus sintomas e como tratá-los dificultando ainda mais o processo de trazer o doente para a realidade do convívio social. Nesse sentido, como afirmou o físico Albert Einstein ''Dificuldades e obstáculos são fontes valiosas de saúde e força para qualquer sociedade'', ou seja, essas barreiras hoje enfrentadas são o principal fator para o real conhecimento futuro e assim tornar a sociedade mais forte.
          Outrossim, é evidente que a humanidade está sofrendo com a depressão que dentre esses problemas é o maior causador de invalidez no mundo de acordo com a Organização Mundial da Saúde(OMS). Nessa perspectiva, conhecer seus sintomas é extremamente importante para se evitar futuros suicídios, somado a isso, na Rússia um ''jogo'' conhecido como Baleia azul que é o intermediário por várias mortes lá tem indícios de chegada no nordeste brasileiro de acordo com a polícia, deixando a situação mais tensa ainda para as famílias daquela parte do país.
          Portanto, fica determinado que a sociedade deve evoluir bastante para que a humanidade em geral tenha maior qualidade de vida, para tanto, faz-se necessário que o Estado reserve pelo menos um tempinho da semana para discutir esse tema nas escolas, pois quando uma pessoa precisar de ajuda no ato dela falar com a turma já vai evitar qualquer problema futuro. Ademais ,cabe a sociedade reconhecer que ninguém gosta de sofrer e se essa pessoa por acaso está deve ser tratada com respeito para quebrar o tabu.