Envie sua redação para correção
    Segundo o sociólogo Émile Durkheim a sociedade pode ser comparada a um ´´corpo biológico´´, por ser assim como esse composta por partes que interagem entre si. Assim, para que esse organismo seja igualitário e coeso é preciso harmonia dentre os setores, lamentavelmente quando se observa a persistência do ´´jeitinho´´ na sociedade brasileira é fato que o despreparo do Poder Público e a lenta mudança de mentalidade social fazem do ´´corpo biológico´´, distante realidade dos dias contemporâneos. Nesse sentido, convém analisar as razões históricas para essa problemática no Brasil.
             Primeiramente, é indubitável que o negligenciamento do Poder Público configura uma forma de continuidade da irregularidade, desrespeito ao indivíduo a falta de ética e raciocínio do cidadão, fenômeno que infelizmente esta presente na história brasileira desde o período  oligárquico com a instabilidade política onde o ´´jeitinho´´ foi  a melhor forma de continuar ao ciclo de beneficio de pequenos grupos,visto que as diversas inconstitucionalidades foram ratificadas pela desonestidade do governo, algo que reflete ainda no povo brasileiro. De acordo com o site G1, nos últimos dez anos aumentou em 48% o número de sonegação de impostos alteração de valores em contas residências  e crescimento de informalidade no setor econômico isso demonstra que a falta de ética é processo intermediário da educação, algo que deve mudar.
              Ademais, vale destacar que a constante propagação do ´´jeitinho´´ brasileiro é um problema que não é bem debatido nas escolas, haja vista a mentalidade atrasada do indivíduo e o passado social brasileiro ser tão marcado por inconstâncias não muito benéficas a sociedade devido a mentalidade atrasada do indivíduo que pela questão cultural dificulta a médio prazo atenuar o impasse. Assim, a situação da desorganização intelectual e sociocultural do brasileiro abre brechas para inconstâncias o que é a representação do padrão do ´´jeitinho´´ que desde o ensino  básico se torna uma constante no cotidiano.
             Portanto, para a sociedade brasileira ser mais articulada a um ´´corpo biológico´´, é necessário que o Poder Público, crie a longo prazo campanhas formais nas escolas e repartições públicas, que garanta investimentos prioritários para qualificação dos profissionais para debater nas escolas a ética como instrumento fundamental na sociedade, com campanhas educativas para atenuar a mentalidade dos brasileiros, Outrossim, seria importante se o Ministério da Educação (MEC), formasse nas escolas base de interdisciplinariedade com sociologia e filosofia ,a fim de transformar a forma como o cidadão pensa no coletivo social para influenciar as gerações futuras.