A persistência do “jeitinho” na sociedade brasileira.

Envie sua redação para correção
    O "jeitinho brasileiro" é o ato de resolver tudo rapidamente em prol do benefício próprio e em consequência prejudicando as pessoas ao redor. Logo é possível ver esses atos em bancos, filas, quando um indivíduo passa a frente de outras pessoas sem permissão, desde pequenos atos como esses, até atos grandes,o "jeitinho brasileiro" é muito prejudicial para a população. 
     O Brasil é conhecido mundialmente pela sua política corrupta, entretanto a corrupção é um reflexo da sociedade brasileira no geral, porém por ser um questão política e envolve um alto número de dinheiro é mais reconhecido como corrupção.Por causa dessa cultura errada muitos atos corruptos passam despercebidos pelas pessoas.
      A pesquisa feita ela KPMG com quinhentos empresários mostrou que 62% deles admitem participar de atos de corrupção, provando o alto número de corrupção no Brasil. 
      Também no livro " homem cordial" de Sérgio Buarque de Holanda, ele trás a ideia de que a corrupção estava presente desde da descoberta do Brasil, nos tempos dos coronéis eles forneciam proteção para as pessoas em troca de votos, assim nasceu o homem cordial, que trata o emprego como uma extensão da própria casa, se tornando pessoas que agem pela emoção e não pela razão, não sabendo lidar com  situações rígidas e que prejudiquem a sociedade.
      Afim de amenizar esse problema o governo juntamente com as escolas e sociedade, deveriam mostrar o direitos e deveres de cada cidadão, e a empatia pela comunidade em geral, desde crianças até idosos. Ainda mais deveria se estabelecer punições para atos que prejudiquem a sociedade.