A presença do sensacionalismo no jornalismo brasileiro.

Envie sua redação para correção
    Promulgada pela Organização das Nações Unidas em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todos os indivíduos o direito à liberdade e ao bem-estar social. Conquanto, os desafios entrelaçados ao jornalismo impossibilitam que essa parcela da população desfrute desse direito universal na prática. Nessa perspectiva, esses desafios devem ser superados de imediato, para que uma sociedade integrada seja alcançada.
              Em primeiro lugar, cabe ressaltar que o jornalismo é um fator principal para o desenvolvimento midiático do país. Hodiernamente, ocupando a nona posição na economia mundial, seria racional acreditar que o Brasil possui um sistema jornalístico eficiente. Contudo, a realidade é justamente o oposto, e o resultado desse contraste é claramente refletido na falta de políticas públicas. Segundo pesquisa feita pelo Instituto Reuters para o Estudo do Jornalismo, da Universidade de Oxford, na Inglaterra, 60% dos entrevistados no Brasil confiam nas notícias veiculadas pelas empresas de comunicação. Diante desse exposto, é inadmissível a sociedade aceitar as negligências do governo que ainda se encontram abrangentes. 
           Faz-se mister, ainda, salientar a falta de informação dos indivíduos como impulsionador do problema, pois a grande maioria se sustenta em informações erradas e despreza as verdadeiras. Segundo Zygmunt Bauman, sociólogo polonês, a falta de solidez nas relações sociais, politicas e econômicas, é a característica da ''modernidade liquida'' vivida no seculo XXI. Diante de tal contexto, é necessário que essa população se mantenha informada e beneficiada com a mídia jornalística.
                Infere-se, portanto, que ainda há entraves para garantir a solidificação de politicas que visem a construção de um mundo melhor. Nesse sentido, o governo necessita cobrar postura aderente ao jornalismo, uma modificação nos sistemas midiáticos para a informação devida a toda a população com anexos e divulgações sem ideologias partidárias. Ademais, é necessário apoio das televisões brasileiras, jornais e internet para divulgações confiáveis. Dessa forma, o Brasil poderia superar esses desafios a partir de acões que sao primordiais, e, espera-se também, uma melhoria das condicoes sociais e politicas desse grupo.