A proteção de dados cibernéticos no Brasil.

Envie sua redação para correção
    O avanço tecnológico trouxe para a sociedade, uma maior facilidade em se manter informado. A cada dia se torna mais difícil ficar desconectado e isso inclui as mais diversas faixas etárias. Os problemas, no entanto, que esse meio tecnológico acarreta, são diversos, sendo boa parte deses, ligados diretamente aos dados pessoais que circulam nesse meio. 
      É notório que nas redes sociais, ambiente que obtém informações sobre seus usuários, apareçam propagandas cujo assunto, seja de interesse pessoal. Essas informações, são de acordo com quem a pessoa segue, o que curte e compartilha rotineiramente. A Netflix, por exemplo, é um meio digital para assistir a séries, filmes, documentários e afins, que já caiu no gosto popular. De acordo com o que o usuário assistiu, o próprio site sugere conteúdos semelhantes. É dessa forma, que milhares de outros sites trabalham, influenciando assim, um vasto número de pessoas. 
      Além disso, é válido destacar, que a população mesmo utilizando de maneira constante a tecnologia, ainda não possuem uma educação tecnológica suficiente para usar de maneira segura essa comunicação e o que ele produz, sendo vítimas deste processo sem ao menos terem noção disso. 
      Fica evidente, portanto, que medidas são necessárias para resolver o impasse. Por meio do Ministério da Educação, orgão do Governo Federal a criação de palestras educacionais, afim de que a população se politize sobre a importância de uma navegação segura e saudável nesse mundo virtual. Ademais, um maior envolvimento das próprias mídias, na diminuição gradativa dessas imposições e influências.