Enviada em: 09/04/2019

Em 1808 a família real desembarcou na América Portuguesa juntamente com elementos culturais e costumes da sociedade europeia do século XIX.Por muito tempo, apenas a cultura europeia era valorizada no Brasil,dessa forma, por muito tempo foi comum a proibição de manifestações culturais de negros e indígenas.À vista disso, a preferência pela cultura internacional aumenta exporadicamente no mundo atual na medida em que o descaso do poder público com patrimonios culturais e o desdenho por parte da imprenssa à cultura nacional é declarado.  A filósofa brasileira Marilena Chaui, aponta que a imprensa está numa constante cruzada contra a cultura nacional-popular em nome do mercado internacional.Por conseguinte, é valído recordar a influência da imprensa no período em que manifestações culturais nacionais-como o samba e a capoeira- sofriam forte repressão.Portanto, até o século XX a repressão policial às rodas de samba e a apreensão de pandeiros e sambistas (considerados desocupados e vagabundos) eram manchetes frequentes.  Ademais, além da relação da cultura brasileira com a imprensa, existe também tal relação com o poder público. O modo com que o estado valoriza suas instituições culturais reflete no interesse dos cidadãos em frequentar esses locais-teatros, museus e bibliotecas-.Tendo em vista os ultimos 4 anos, varreu-se a pauta de proteção à cultura nacional para debaixo do tapete, haja vista, que em 2015 e 2018,respectivamente, o Museu da lingua Portuguesa e o Museu Nacional no RJ pegaram fogo por, principalmete, falta de manutenção.  Destarte, observa-se que ainda existe muito a ser feito para estreitar as relações entre o Brasil e sua cultura. Sendo assim, urge a realização de viradas culturais nas escolas e universidades com o intuito de divulgar a riqueza da cultura brasileira.Dessa forma professores dos mais variados cursos em conjunto com antropólogos poderão despertar nos jovens e adolescentes a ânsia de cobrar o Ministério da Cultura por melhor fiscalização e proteção das instituições culturais brasileiras.