Envie sua redação para correção
    A valorização do esporte feminino no Brasil
    
        O esporte é uma prática metódica de atividades que necessitam da realização de exercícios físicos e mentais, ele é fundamental para o desenvolvimento e manutenção da saúde humana. Também vale destacar que sua prática é essencial para a socialização de um indivíduo, dessa forma, o esporte se torna um excelente método de aprendizagem que deveria ser aplicado a todos, porém no Brasil, as oportunidades de prática das atividades são ainda desiguais para meninos e meninas, portanto é possível notar uma clara diferença entre a valorização do esporte masculino e do feminino, o qual o masculino tem quase o monopólio de toda a atenção, enquanto o feminino não é dado o apoio merecido por grande parte da mídia.
       Segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apesar da população brasileira ser constituída em sua maioria por mulheres, 53,9% dos praticantes de esporte são homens,  este dado é um indicativo de que muitas mulheres tem pouco acesso a atividades físicas e nenhum incentivo para participar ativamente delas, essa cultura do não incentivo pode ser justificado pelo pouco tempo de lazer reservado as mulheres graças ás tarefas domésticas, que ocupam grande parte de seu tempo, enquanto os homens gastam muito menos tempo nas  atividades de casa.
         Além de outras grandes dificuldades enfrentadas diariamente pelas mulheres, o maior desafio a ser  superado em qualquer modalidade de esporte é o preconceito, pois ele ainda é um assunto muito presente hoje em dia, algumas atletas, como Carol Baiana relatam que essa prática se repete tantas vezes seguidas que se torna algo natural em seu meio de convivência. Por mais que o esporte feminino esteja sob crescimento nos últimos anos, ocorre da mesma forma o preconceito e a desigualdade entre os sexos.
         Para que o esporte seja garantido a todos, são necessárias criar políticas públicas que possam permitir a igualdade de gênero, com a ajuda do Ministério da Educação, associados com os professores de educação física de cada escola, seria necessário palestras e realização de trabalhos sobre  a igualdade de oportunidades e declarações contra o preconceito, porém sempre em destaque o respeito, que é a base de todo esse processo, além de possuir mais incentivos para as meninas praticarem novos esportes e modalidades por meio de bolsas escolares e aulas imperativas .