Enviada em: 08/08/2019

A valorização do esporte feminino Desde sempre as mulheres ficam numa posição secundária, no esporte não seria diferente. Mesmo os dois gêneros tendo o mesmo desempenho nos esportes, o homem sempre é mais privilegiado, com mais visibilidade e remuneração.  Como Marta, jogadora da seleção brasileira, que passou Pelé e se tornou a maior artilheira da seleção, com 98 gols. Mas mesmo assim, comparando-a com os jogadores da seleção masculina, os salários e a visibilidade, são muito desiguais. Os esportes em geral sempre indicaram um foco aos homens, nos quais eles são os jogadores, os juízes, os narradores e os telespectadores, todas as funções se voltam a eles. Esse movimento de inclusão das mulheres no ambiente esportivo ainda está em processo. O patriarcado ainda é presente, ele coloca o homem como o centro de tudo, como o protagonista da sociedade, e as mulheres como figurantes. Para incentivarmos a visibilidade e o fim dos preconceitos com mulheres no meio esportivo, deveríamos consumir mais disso. Assistindo mais jogos e prestigiando aquelas que estão nos representando....