Envie sua redação para correção
    A valorização do esporte feminino no Brasil, realmente é muito baixa, um exemplo disso, é a copa do mundo de futebol feminino, que aconteceu no ano de 2019, em que os Estados Unidos se consagrou campeão.
           Podemos comparar a renda do futebol masculino e do futebol feminino. A jogadora que mais recebe no futebol feminino é a Ada Hegerberg, jogadora do Lyon, que recebe em torno de 400 mil euros, que com comparado a Lionel Messi, jogador do Barcelona, que recebe 325 vezes mais (em torno de 40 milhões de euros). Entretanto a participação das mulheres nas olimpíadas vem crescendo cada vez mais, de 2000 para 2016 a porcentagem de mulheres que participam dos jogos olímpicos subiu de 38% para 45%.
        Com os fatos citados, podemos concluir que as mulheres não são valorizadas como deveriam ser, porém isso vem crescendo com a ajuda de empresas que as incentivam, com propagandas, produtos e etc, um desses exemplos é a Nike, que nos últimos vem fazendo mais propagandas envolvendo esportes com mulheres.