Envie sua redação para correção
    Com o passar dos anos, a tecnologia vem se tornando frequentemente presente em grande parte das situações do nosso dia a dia. E com toda essa expansão, os meios que nós utilizamos para executar algo, como um simples pedido de táxi, tornou-se algo que hoje pode ser feito simplesmente com um clique em um aparelho móvel.
          E naturalmente, com todos essas novidades, é gerada uma competição entre os meios típicos e os tecnológicos, o que poe ser bom de um lado, ou por outro, gerar uma guerra entre ambos, que foi exatamente o que aconteceu com a chegada do Uber. Ele não foi nada bem recebido por parte dos taxistas, totalmente o contrário da reação do povo brasileiro, que adorou o novo aplicativo e grande parte passou a usufruir.
          Porém, existem os dois lados da moeda. Enquanto os usuários estavam celebrando o novo aplicativo de preço mais baixo, muitos taxista estavam revoltados, pois na sua visão a concorrência era injusta, tendo em vista que os motorista de Uber não pagavam os impostos que eles eram obrigados a pagar.
          Ao mesmo tempo, os motorista do aplicativo diziam que os taxistas possuíam regalias que eles não tinham, como o pagamento do IPVA que os taxistas não pagam e no desconto na compra de um carro novo, por exemplo.
          Esta é uma situação complicada, pois cada um tem suas justificativas e suas divergências. Acredito que isso deva ficar nas mãos do cliente qual serviço irá atender melhor suas necessidades.