Aplicativos x empresas tradicionais: A revolução tecnológica do século XXI

Envie sua redação para correção
    No último ano podemos observamos uma grande concorrência entre aplicativos e empresas físicas, no geral oferecem os mesmos serviços, mas cada uma com seu diferencial, buscando atingir o maior número de consumidores possível, e com essa disputa por conquistar o maior número de clientes que se cria o chamado "aplicativos VS empresas tradicionais.          Temos como exemplo os aplicativos de transporte e o táxi tradicional, quando a Uber começou a tirar os passageiros dos taxistas ouve muita confusão por o motorista do Uber não ter impostos para trabalhar como um servidor público e assim podiam cobrar um preço mais baixo pelas corridas, atualmente o aplicativo de trasporte que tem o menor preço é o 99 POP, que por sua vez conquistou parte dos passageiros do Uber, porém em alguma das vezes o carro demora mais para chegar, ai vai do passageiro escolher esperar um tempo a mais e pagar um preço mais em conta, ou então ter uma agilidade maior e pagar um pouco mais, como já dito, cada empresa conquista seu público com um diferencial.                                                              Essa disputa por o maior números de clientes faz com que as empresas nunca se acomodem, buscando sempre melhorar, trazer mais conforto, melhores preços e descontos, diferente de quando não há um concorrente, a empresa de maneira mais facilmente entra na zona de conforto e acaba deixando de lado as melhorias, pois sabe que quem precisa se obrigará a comprar, independente da situação ou preço, com isso já da para se concluir que essa disputa entre empresar online e físicas é o que faz a diferença para o consumidor.
         Tratando-se de empresas de trasporte online ou físicas, o melhor é todos seguirem a legislação e cada um fazer as devidas melhorias para ter seus objetivos profissionais alcançados e sobre as disputas no geral, como já foi possível concluir, quando praticadas de forma amistosa, é melhor para todos, pois não deixa que as empresas se acomodem, o que trás mais clientes e consequentemente mais lucro.