Aplicativos x empresas tradicionais: A revolução tecnológica do século XXI

Envie sua redação para correção
    Tradicionalismo  e Modernidade
     Relativo à revolução tecnológica do século XXI, é possível afirmar tanto aspectos positivos quanto negativos. Se por um lado, há empresas tradicionais que permanecem no mercado oferecendo seus serviços com um padrão já conhecido; por outro, há o surgimento de aplicativos tecnológicos que buscam alcançar um patamar satisfatório para com seus consumidores, por meio de tecnologias que garantem a acessibilidade e  a otimização.
     Com relação às empresas tradicionalistas, apesar de serem renomadas e conhecidas pelos seus clientes, elas não estão alinhadas com o avanço da chamada revolução tecnológica, visto que ainda apresentam seu modelo tradicional de aplicação. Por esse motivo, empresas de telefonia, por exemplo, estão sendo absoltas do mercado já que não oferecem acesso à telecomunicação com tanta precisão e interatividade como nos aplicativos.
     Sobre os aplicativos, eles garantem o fácil acesso às suas plataformas porque possuem alta precisão tecnológica, como é o caso do Uber, que permite que uma pessoa solicite uma viagem com um motorista parceiro em qualquer local que esteja através do GPS. Além disso, os aplicativos trazem otimização na vida das pessoas, uma vez que hoje é possível pedir uma refeição pela internet sem sair de casa e com apenas um clique pode-se pagar boletos e realizar transferências de contas bancárias.
     Dessa forma, o incremento de aplicativos na sociedade têm atingido ótimos resultados de satisfação dos seus consumidores tendo em vista a eficiência e praticidade de seus serviços. Bom seria que todas as empresas buscassem implantar essas tecnologias em suas atividades para assim, expandir o mercado consumidor e satisfazes às necessidades de todos.