Aplicativos x empresas tradicionais: A revolução tecnológica do século XXI

Envie sua redação para correção
    Progresso com Ordem
         A Revolução Industrial iniciou um grande avanço tecnológico nunca antes visto no século XIX. Embora tenha ocorrido uma facilidade na vida das pessoas, um problema ficou evidente: a constante extinção de alguns mercados tradicionais.  É fácil perceber o problema ao averiguar-se os recentes protestos de taxistas contra os inovadores ubers, que precisam ser regulamentados para erradicar-se-á a concorrência desleal.
           Mormente, o uber oferece uma série de benefícios frente ao taxi, como por exemplo: balas e agua, além de usar o aplicativo waze para calcular a menor rota. À medida em que isso ocorre, atos de violência da classe taxista são alimentados e se materializam como no depredamento de um carro uber em Guarulhos no ano passado, noticiado pelo G1. Dessa forma, nota-se um processo, fruto de heranças históricas do seculo XIX, que se mostra atual. Por conseguinte, o taxi precisa reinventar-se.
           Outrossim, o uber tem treze milhões de usuários só no Brasil, segundo dados da empresa em 2016. Ademais, a preferência pela uber se ratifica pela inocuidade do Governo a se adaptar as mudanças por meio de taxas menores para se trabalhar no serviço estatal, impondo-se para a população uma alternativa privada pautada, principalmente, no preço baixo. Assim, o que deveria ser motivo de orgulho e agilidade, torna-se um atraso no tempo. Consequentemente, mais uma vez o povo irá preferir o futuro.
           É imperativo que o Poder Legislativo avance a PEC que regulamenta o uber de forma a igualá-lo ao táxi em impostos pois assim a concorrência se equipararia à história. Paralelamente, a mídia poderia passar mais comerciais sobre o avanço tecnológico dos aplicativos de modo que conscientize o povo sobre a extinção de serviços tradicionais na sociedade. Por fim, cabe à Ordem dos Advogados que agilize os processos pendentes para que, em 5 anos, seja possível atenuar esse problema existente desde a Revolução Industrial e também conviver com o uber e o táxi simultaneamente, pois, como diria a bandeira, ''Ordem e Progresso''.