As diversas formas de exclusão e seus impactos sobre a saúde do brasileiro

Envie sua redação para correção
    A exclusão social reflete diversos problemas à saúde do brasileiro. O fenômeno Etnocentrismo diz que, o fato de que o homem vê o mundo através de sua cultura tem como consequência a propensão em considerar o seu modo de vista o mais correto e natural. Tal tendência é responsável por grande parte dos casos de exclusão social, gerando conflitos e graves consequências à saúde do brasileiro. Com isso, é necessária a criação de mecanismos que possam minimizar tais ocorrências no Brasil.
               Em princípio, destaca-se que muito tem-se explorado pela relação exclusão e saúde mental. O preconceito, principalmente entre jovens, é um dos principais fatores que levam a tal consequência ao psicológico. No filme norte-americano "Prayers for Bobby" (Orações para Bobby), Bobby  foi criado rigorosamente de acordo com os ensinamentos de Deus. Quando sua mãe escuta rumores sobre a homossexualidade do filho, se nega a aceitá-lo e, além disso, Bobby enfrenta diversos problemas com seus colegas de escola, os quais passam a vê-lo com estranheza. Diante de tamanha rejeição, o garoto acaba entrando em depressão. Logo, nota-se como o preconceito e a exclusão afetam a saúde mental, sendo isso retratado no meio cinematográfico.
                 Além disso, é fato de que as diversas formas de exclusão deveriam ser encaradas como problemas de saúde pública.  Uma pesquisa da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por exemplo, concluiu que vítimas de discriminação e exclusão têm um risco quatro vezes maior de desenvolver depressão ou ansiedade e ainda estão propensas a agravos como hipertensão. Logo, percebe-se as consequências à saúde do brasileiro, confirmando, assim, que as consequências causadas vão além do psicológico. 
                      Sendo assim, percebe-se a relevância do Governo, o qual, juntamente com a mídia, grande difusora de informações, poderá criar projetos virtuais, que serão divulgados nas redes sociais diariamente, que poderão reunir diversos especialistas no assunto, os quais falarão sobre diversas situações de exclusão e as consequências físicas e psicológicas. Assim, com a plataforma aberta, os indivíduos poderão conversar sobre suas experiências e serem atendidos pelos especialistas, principalmente psicólogos, os quais poderão ajudar tanto as vítimas quanto os agressores. Com isso, pode-se prever a diminuição dos impactos à saúde causados pela exclusão social.