Enviada em: 17/09/2017

Relacionamentos Líquidos e Solúveis      Na contemporaneidade brasileira, assiste-se ao período da modernidade líquida, caracterizado pelas relações sociais efêmeras. Nesse âmbito, pode-se observar que isso se deve aos avanços tecnológicos e ideológicos da nova geração. Dessa forma, é imperioso refletir e buscar soluções.     Nessa perspectiva, é válido pensar em algumas causas dessas relações artificiais, dentre elas, os avanços tecnológicos. Sem dúvidas, as mudanças do Mundo Moderno trouxeram consigo a velocidade e a transitoriedade, consequentemente, refletidas nas relações pessoais. Certamente, tal aspecto a cerca da rapidez da contemporaneidade é observado na corrente vanguardista do Futurismo, a qual retrata as mudanças constantes. Dessa maneira, nota-se o abandono de vínculos duradouros de amizades e namoros por laços mais voláteis e descompromissados.       Acresce-se a isso, os avanços ideológicos adquiridos ao longo das gerações. Isso ocorre porque, inevitavelmente, a modernidade vem acompanhada da liberdade. A liberdade de relacionamentos sem compromissos e a liberdade de escolher o efêmero ao duradouro, destruindo estigmas impostos no passado. Esse aspecto é observado no poema de Carlos Drummond de Andrade, "Não se mate", o qual exemplifica a aceitação da brevidade em tempos modernos. Efetivamente, o liberalismo tornou-se algo mais palpável com a flexibilidade do pensamento das novas gerações. Logo, a modernidade líquida, transforma-se em boa ou ruim somente aos olhos da geração que a vê.          Percebe-se, portanto, que os avanços tecnológicos e ideológicos são algumas das causas que explicam a modernidade líquida. Por isso, é necessário que as famílias debatam esse assunto, expondo o lado positivo de se obter laços contínuos e concretos. Além do mais, a escola deve promover projetos, ministrados por professor, a fim de enfatizar a aproximação real e não apenas a virtual. Assim, essa problemática será resolvida....