Enviada em: 26/09/2017

Valores imperativos É consenso dizer que as relações pessoais nos tempos de modernidade líquida, cada dia que passa, vem se consolidando mais, haja vista o individualismo excessivo das pessoas no mundo contemporâneo. Sabendo disso, houve um fator de grande relevância que contribuiu para o aumento dessa atitude: o advindo das tecnologias de ponta, no final do século passado, principalmente aquelas voltadas para a área da comunicação.  Indubitavelmente, o século XXI vem mudando a cabeça de muitas pessoas, especialmente aquelas adeptas ao modelo capitalista, cuja comercialização de produtos variáveis abrange grande parte da população consumista. Por isso, produtos como smartphones, tablets, notebooks, entre outros, são tão procurados e valorizados no mundo atual.  Perante isso, o comportamento social obviamente vai mudando na medida em que os novos valores morais sejam impostos pelo mercado. Com isso, a sociedade tornou-se mais egocêntrica, já que a importância dada aos produtos industriais duráveis se sobressaem à relação de interpessoalidade e convivência plena. Visto isso, portanto, é fato que as relações sociais na modernidade líquida tornam-se o indivíduos mais egoístas. Desse modo, o mundo atual se vê bagunçado diante de tantas misérias, desigualdades, violências, guerras, sem perspectiva de melhoras e nem da extinção desses malefícios sociais....