Envie sua redação para correção
    Conflitos no esporte brasileiro, uma ameaça ao bem-estar social 
    O esporte é uma atividade física cultural de entretenimento, pela qual são perceptíveis aspectos sociais e políticos da nação onde é praticada. No Brasil, o confronto agressivo entre torcedores da modalidade futebolística é fruto da violência urbana e da intolerância da sociedade, classificando o país como recordista mundial de mortes relacionadas ao futebol, segundo dados da plataforma Uol. Consequentemente, tal esporte não só ameaça a segurança dos cidadãos e a destruição de propriedades públicas e privadas brasileiras, como também se torna um instrumento de violência, ao invés de apenas destacá-la e entreter seus espectadores.
    A agressividade no ambiente esportivo é explicada pela violência urbana. Uma vez que o indivíduo vive em um meio marcado pelo desrespeito, criminalidade, desigualdade e marginalidade, ele não é incentivado a agir em concordância com valores morais, passando a atuar do mesmo modo frequentemente visto. Logo, o comportamento violento dos torcedores nos estádios de futebol é explicado por sua normalidade nas demais áreas das cidades brasileiras, tornando a arena dos jogos tão insegura e sujeita a danificação de sua propriedade como em qualquer ambiente externo.
    
    Ademais, o confronto tanto físico quanto verbal entre diferentes torcidas origina-se da intolerância da sociedade brasileira, sendo o esporte uma via de violência e perseguição à adversários. A falta de respeito do cidadão à equipe adversária e seus torcedores visa além da vitória do jogo, a agressão e humilhação do oponente, devido a errônea crença de superioridade de sua equipe e a incapacidade de aceitar opiniões divergentes, que caracterizam o perfil intolerante comum no círculo social. Assim, o esporte torna-se uma ferramenta de opressão e perseguição de indivíduos com times e pontos de vista opostos.
    Portanto, no Brasil, embora o futebol seja uma atividade cultural, os conflitos recorrentes entre torcedores põem em risco a segurança dos espectadores do jogo e destacam aspectos sociais alarmantes, a violência e a intolerância nacional. Estas devem ser controladas para garantia do bom convívio na sociedade e da preservação da diversidade cultural do país.