Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    Dentre os esportes existentes no Brasil, o futebol é o que recebe maior destaque. Neste, desde os primórdios foi atribuído aos times um sentimento de nacionalismo e sentimentalismo. Entretanto, esse fator, que a princípio demonstrava amor ao esporte e integração entre os indivíduos, tornou-se gradativamente violento - atualmente, as torcidas adversárias passaram a ser vistas como inimigas. Desse modo, em meio as inúmeras causas e consequências dessa problemática, deve-se enfatizar a criação de torcidas organizadas e a impunidade das ações. 
          Um fator que gera a violência no esporte são as torcidas organizadas. Essas, consideradas reflexo da sociedade, são notórias desde a década de 90. No entanto, na contemporaneidade estão sendo mais ressaltadas, isso devido a persistência dos episódios de extrema violência, em que, os participantes desses tipos de torcidas agem como vândalos, humilhando e agredindo verbal e fisicamente algum sujeito. Segundo estudo promovido pelo Núcleo de Estudos sobre o futebol, o Brasil ocupa o primeiro lugar em mortes comprovadas, por conta dos conflitos causado pelas atitudes dos indivíduos pertencentes as torcidas organizadas. 
          Outro fator responsável pela violência é a impunidade das ações dos sujeitos agressores. Torna-se nítido o quão ineficaz são as punições, ao notar que, em sua maioria, os agressores recebem apenas advertências ou um chamado de alguma autoridade policial. Esse aspecto, de acordo com pesquisa realizada pelo Mestrado da Universo gera consequências, visto que, nas estatísticas dos últimos anos (2014 a 2017) totalizou-se 60 casos de morte por conta do esporte, além dos inúmeros casos que foram gravemente feridos. 
          Assim, portanto, é de suma importância que aja mudanças para que a violência no esporte seja combatida. Para isso, é necessário que tenha nos estádios um maior número de seguranças e de policiais militares, pois dessa maneira, tais locais tornariam-se mais seguros, organizados e melhores monitorados. Além disso, é importante que o poder legislativo adjunto com a justiça, puna de forma mais severas e constante os que cabularem o Código Penal Brasileiro. Desse modo, sera garantido maior segurança aos torcedores e penalização, de fato, aos que cometerem os delitos.