Envie sua redação para correção
    Há quem diga, na contemporaneidade, que a ''violência no futebol ou nos esportes em geral é um retrato do cotidiano brasileiro'', como na matéria publicada no site de notícias El País. Nesta matéria, o autor trata das possíveis causas de tanta violência nos esportes e suas devidas consequências. Momentos assim vem sido cada vez mais presentes e comentados por toda a população, desde os anos 2000, quando começaram a ser mais frequentes. Dessa forma, pode-se enaltecer, entre tantas possíveis causas e consequências o sentimento de impunidade do indivíduo perante as leis e a perpetuação de tal tipo de violência nos meios esportivos. 
      Por muitas vezes ser mais acessível a todas as classes, o futebol tem o maior número de casos de violência. Conquistando um grande contingente de adeptos ao esporte, nasceram as famosas torcidas que posteriormente deram vida às Torcidas Organizadas, presentes em diversos relatos de momentos violentos. Segundo um levantamento feito pelo promotor de Justiça Fernando Capez, cerca de 5 a 7% das famosas Organizadas seriam os famigerados ''encrenqueiros'', os que se alimentam de um sentimento de impunidade exacerbado por não serem punidos como deveriam. A escassez dessas punições podem ocorrer diversas vezes, pela falta de recursos que possibilitem o reconhecimento dos tais vândalos, ou pela falta de interesse dos dirigentes esportivos em contribuir para que a justiça tenha maiores e melhores elementos para combater a violência que assola os estádios brasileiros.
      Consequentemente, a falta de rigor nas punições leva a persistência da violência nos esportes que pode ser representada por arrastões, agressões (que podem ser vistas entre torcedores ou vindos do próprio policiamento, por conta de seu despreparo para situações de risco), vandalismo, furto e podem chegar a mortes (já passam de 100 casos as mortes relacionadas ao futebol somente no período entre 2010 a 2015). Assim, o futebol deixa de ser um esporte que une diversos tipos de pessoas, passando a ser um local onde famílias deixam de frequentar por conta de tamanha violência, não querendo expor crianças e idosos a alguma das situações citadas a cima.
     Logo, pode-se notar que a violência nos esportes brasileiros estão tendo resultados extremamente preocupantes. Tendo em mente isto, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva, deveria providenciar e exigir câmeras em pontos estratégicos dos estádios, para cooperar no momento do reconhecimento dos criminosos e as leis já existentes deveriam ser aplicadas com maior rigor, tendo punições severas e exemplares para aqueles que não as seguirem. Assim, com punições adequadas e bem aplicadas a persistente  da violência que assombra os esportes, poderão diminuir.