Envie sua redação para correção
    Hoje em dia, muitos esportes estão sendo associados a violência, como por exemplo, o futebol, que é visto como um dos esportes que ocorre mais mortes devido a violência, seja no estádio, ou nas ruas.
      O esporte, que antes era algo para relaxar, distrair e aproveitar o tempo com os amigos, tem sido diferente nos dias de hoje. Muitos dos torcedores, deixam de assistir a essas atividades pessoalmente por medo da violência do próprio "time" e dos adversários. A violência no esporte, não é mais considerada apenas física, mas sim, passou a ser violência psicologia também, devido a vários tipos de preconceito dentro e fora dos estádios. 
      O Brasil é um dos únicos países que existe uma barreira dividindo as torcidas. Segundo Procurador, a torcida única é medida paliativa, porém necessária. Outra solução que tentaram encontrar para diminuir a violência nos estádios, foi tentando retirar a classe popular dos estádios e buscando incluir com maior numero a classe media e a classe alta, diante dos preços dos ingressos, como por exemplo, o estádio Maracanã e o Allianz Parque, onde um ingresso para uma partida de futebol custa em torno de 90 a 250 reais, dependendo do lugar. Mas, essa alternativa para resolver esse problema, pode ser considerada preconceituosa devido ao fato de tirarem torcedores da classe mais baixa.
      Uma das medidas possíveis para acabar com essa situação, seria deixar o esporte com a essência de um evento para se fazer com a família, como por exemplo, ao invés de uma propaganda de futebol ou de cerveja serem relacionadas, relacionar a um churrasco de família. Com isso, também cabe ao estado de Sao Paulo e a todos os estados juntos, com o Ministério da Segurança Publica, serem mais rígidos na aplicação das punições a agressores e pessoas que causam violência, deixando o local a uma área de risco e violência.