Envie sua redação para correção
    No Brasil, o futebol tem uma grande importância na construção da identidade cultural do homem contemporâneo. Evidentemente o futebol se tornou o esporte mais popular no país e, através dele se constituem relações de classes, educação entre outros aspectos sociais.
       Em um país onde as raízes religiosas ainda estabelecem grande influência na sociedade, é notável que muitas crenças sejam inseridas no cotidiano da população. Tal influência é perceptível quando diferente dos europeus e norte-americanos que ligam a vitória do á técnica e treino do time, e para os brasileiros se trata de fé e sorte.
     Por conta dessa personificação divina dos times, a derrota é vista como um castigo divino ou má sorte, que consequentemente leva os torcedores a terem um comportamento agressivo contra o time vencedor.
      A maioria dos jogadores de futebol da seleção brasileira vieram de regiões periféricas ou com altos índices de criminalidade onde o mercado de trabalho é fraco economicamente, sendo assim os jovens que tem os jogadores com ídolos também são de regiões marginalizadas onde o crime e violência são cenários comuns. Consequentemente, as atitudes brutais dos torcedores são reflexo do cenário agressivo onde vivem.
      Portanto, a violência encontrada no esporte tem completa relação com a cultura que a sociedade está inserida e como o codiano desta influencia na forma com que se comportam em ambientes diversos.