Envie sua redação para correção
    No Brasil,a violência se faz presente de várias formas e uma delas é no esporte brasileiro, mais especificamente, no futebol brasileiro. E como nesse país, o futebol é extremamente popular, os brasilianos valorizam esse esporte com tanta convicção que tendem a se desentender, causando inúmeras consequências graves.
       Sobretudo, em um país onde demasiadas pessoas se juntam em prol do futebol, o qual engloba variados times, ou seja, variados pontos de vista, fica evidente que o sentimento de competição e pertencimento a um time é forte, sendo assim, quando se é colocado contra um brasileiro que torce pelo time x, juntamente com a "emoção" do momento (do jogo), a discussão se sobressai nos estádios, e onde as arquibancadas deveriam servir de um lugar amistoso entre os lados, esta não cumpre sua função.
       Além disso, após tanta violência entre os que torcem, há também a agressividade entre seus jogadores, como também uma certa pressão dos próprios torcedores, onde uma falta duvidosa, ou até mesmo um empurrão sem ou com intenção no jogo, pode possivelmente, juntamente com o impulso do brasileiro, desencadear o fato de se oporem e porem uns contra os outros, além do sentimento de rivalidade que reforça o motivo da violência.
        Ademais, toda essa violência tem suas graves consequências. Decorrente dos fatores anteriormente citados somados à falta de segurança nos estádios, registrou-se no total, a morte de 101 pessoas nos últimos 26 anos, contando com 65 mortes por tiro, 13 espancamentos, casos de agressões, vandalismo, furtos, atropelamento e até a presença dessa violência fora do estádio (totalizando 82 mortes), alcançando ruas, bares e até a Internet.
         Dessa forma, percebe-se que a violência no esporte brasileiro precisa ser contida, uma vez que, esta começou a implicar com vidas. Portanto, poderia-se aplicar multas como punição, fiscalização de materiais ameaçadores nos estádios, reforçar a segurança e o cadastramento de torcedores e incentivo das famílias nos jogos para evitar brigas mais violentas, tudo para acabar com uma violência desnecessária em um ambiente que deveria prevalecer amistoso.