Causas e consequências da violência no esporte brasileiro

Envie sua redação para correção
    Com o passar dos anos, a violência nos estádios brasileiros por brigas entre os torcedores e até entre os jogadores, vem aumentando. Esse aumento se dá por conta da intolerância, falta de confiança e estupidez dos torcedores. A intensificação da violência verbal e física, principalmente nos estádios, traz consequências para toda a sociedade, por exemplo, a morte de inocentes.
      Segundo o site uol, o Brasil é o recordista mundial de mortes relacionadas ao futebol (esporte que as violências são mais noticiadas e denunciadas). Em junho de 1988, foi retratada a primeira morte brasileira por consequência de briga de torcidas, deste ano até 2014 foram retratadas mais de 101 mortes, dentre elas, 82 foram fora dos estádios e aconteceram em bares, restaurantes e nas redondezas do estádio.
      O esporte devia ser um sinônimo de compaixão, tolerância, talento, irmandade, dedicação e várias outras ideias que deveriam buscar a união entre os amantes por esporte, mas, não é isso o que acontece. O impedimento da entrada dos torcedores, a morte de famílias inocentes e a destruição dos estádios, são consequências da brutalidade dos intolerantes.
      É cada vez mais remota e possibilidade de ir aos estádios sem preocupação, por isso a polícia civil e militar devem aumentar suas tropas dentro deles. Com relação a violência fora dos estádios, a polícia deve patrulhar nas redondezas dos ginásios e nos bares públicos, afim de diminuir a violência. E os torcedores devem pensar em todas as mortes de inocentes e de vândalos que podem ocorrer se a violência continuar.